Educação Pré-Escolar

​

A Lei Quadro da Educação Pré-Escolar estabelece como princípio geral que «a educação pré-escolar é a primeira etapa da educação básica no processo de educação ao longo da vida, sendo complementar da ação educativa da família, com a qual deve estabelecer estreita relação, favorecendo a formação e o desenvolvimento equilibrado da criança, tendo em vista a sua plena inserção na sociedade como ser autónomo, livre e solidário».

 

Este princípio fundamenta todo o articulado da lei e dele decorrem os objetivos gerais pedagógicos definidos para a educação pré-escolar:

a) Promover o desenvolvimento pessoal e social da criança;

b) Fomentar a inserção da criança em grupos sociais diversos;

c) Contribuir para a igualdade de oportunidades no acesso à escola e para o sucesso da aprendizagem;

d) Estimular o desenvolvimento global da criança no respeito pelas suas características individuais;

e) Desenvolver a expressão e a comunicação através de linguagens múltiplas como meios de relação, de informação, de sensibilização estética e de compreensão do mundo;

f) Despertar a curiosidade e o pensamento crítico;

g) Proporcionar à criança ocasiões de bem-estar e de segurança;

h) Proceder à despistagem de inadaptações, deficiências ou precocidades e promover a melhor orientação e encaminhamento da criança;

i) Incentivar a participação das famílias no processo educativo e estabelecer relações de efetiva colaboração com a comunidade.

A Educação Pré-Escolar é, para as crianças, o primeiro contacto e familiarização com contextos que despertam a curiosidade, o desejo de saber, e a vontade de aprender. Deve ser entendida e assumida como um meio de socialização onde ocorrem um sem número de aprendizagens e, por tal, deverá ser considerado desde logo, um alargamento do meio social imediato da criança. É a primeira e mais importante preparação para a educação e para a vida e, por isso, cabe ao educador promover e garantir condições de aprendizagem significativas e com sucesso para que, ao longo de toda esta etapa as crianças “aprendam a aprender” pois é esse o lema que deverão seguir ao longo da vida.

Sabemos, por antecipação, que não há soluções válidas que contemplem todas as situações. Há pois, que conhecer as caraterísticas individuais das crianças e adaptar a pedagogia a aplicar em contexto de sala de aula às suas necessidades, interesses e dificuldades, promovendo e atuando com diferenciação pedagógica. 

A organização do ambiente educativo depende do próprio contexto educativo e das opções metodológicas do educador, sendo que a mesma, vai desempenhar um papel crucial em todo o processo educativo.

  • w-facebook

Contacte-nos: 219 213 940  /   externato.onial@gmail.com   /   Rua Padre José de Anchieta, nº 25 2725-071 Algueirão - Mem-Martins